R. Felício Soubihe, 3-81, Jd. Planalto | Bauru/SP

(14) 3223-3040

Cirurgia Vídeo Laparoscópica

Especialidades

Cirurgia Vídeo Laparoscópica

A laparoscopia começou a ser utilizada como exame diagnóstico desde o começo do século passado. Era realizada através na introdução de uma ótica na cavidade abdominal do paciente, por onde os órgãos eram visualizados, era muito utilizada pelos gastroenterologistas para avaliação de Cirrose hepática, suspeitas de tumores e para avaliação de doenças peritoneais.

Nos anos 80 ela começou a ser utilizada para procedimentos cirúrgicos, basicamente ginecológicos.

Em 1985, um cirurgião alemão chamado Erich Mühe, retirou pela primeira vez a vesícula de um paciente por laparoscopia, assim surgiu um novo conceito cirúrgico em cirurgia, ao invés de realizar-se uma incisão, são feitos de cinco a seis pequenas punções por onde o procedimento será realizado.

Atualmente a cirurgia Vídeo Laparoscópica pertence à classe das Cirurgias minimamente invasivas juntamente com a Cirurgia Robótica.

Ela consiste basicamente na realização de um procedimento cirúrgico através de punções abdominais com a utilização de instrumentos como trocateres e pinças, guiada por visualização indireta através de uma câmera de alta definição acoplada a um sistema de óticas. Também é utilizada a injeção de gás carbônico sob pressão na cavidade peritoneal para a criação de um espaço que permita a realização da cirurgia.

As primeiras cirurgias do aparelho digestivo realizadas foram a colecistectomia e a apendicectomia, atualmente, devido ao grande desenvolvimento tecnológico, quase todas as cirurgias do aparelho digestivo são passiveis de serem realizadas por videolaparoscopia, inclusive ressecções de tumores gástricos, pancreáticos, intestinais e hepáticos.